OUÇA NOSSAS RÁDIOS CRIADAS
COM EXCLUSIVIDADE
PARA NOSSOS OUVINTES
FAÇA SEU
CADASTRO
FALE COM A ALPHA

Os 60 anos de Cazuza

Conheça um pouco da história do cantor e compositor, ídolo dos anos 80

cazuza.jpg

Um dos grandes nomes da música brasileira completaria 60 anos no dia 4 de abril. Cazuza morreu em 1990, por causa do vírus da AIDS, uma doença pouco conhecida na época. Agenor de Miranda Araújo Neto, ou Cazuza, é um dos maiores ídolos do pop-rock dos anos 80. Entre os seus grandes sucessos, estão: “Exagerado”, “Codinome Beija-flor”, “Brasil” e “Faz Parte do Meu Show”.


Nascido no Rio, ele cresceu no meio artístico, já que sua mãe Lucinha é cantora e seu pai, João, produtor fonográfico. Indicado por Léo Jaime para ser vocalista do Barão Vermelho, a banda despontou nas paradas com as músicas “Pro Dia Nascer Feliz” e “Bete Balanço”.


Quatro anos após o nascimento do grupo, Cazuza iniciou sua carreira solo, gravando o álbum Exagerado, que conta com músicas como “Mal Nenhum”, “Codinome Beija-Flor” e a própria “Exagerado”. No auge do sucesso, ele descobriu ser portador do HIV.


A doença não o impediu de continuar fazendo grandes músicas que são conhecidas até hoje. No álbum Só Se For a Dois, lançado em 1987, o público pode conhecer faixas como “O Nosso Amor a Gente Inventa”. No ano seguinte foi a vez de “Ideologia”, “Faz Parte do Meu Show” e “Brasil”.



Foi apenas em 1989 que Cazuza declarou publicamente ser portador do vírus da AIDS. Ele lançou seu último álbum chamado Burguesia no mesmo ano. Seu enterro aconteceu no cemitério São João Batista, com a sepultura próxima a nomes como Carmen Miranda, Ary Barroso, Francisco Alves e Clara Nunes.


Em homenagem aos 60 anos de Cazuza, a Alpha FM separou as cinco músicas mais ouvidas do poeta, segundo o Ecad.


5 – Pro Dia Nascer Feliz



4 – Codinome Beija-Flor



3 – Malandragem (canção escrita por ele)



2 – Bete Balanço



1 – Exagerado


LEIA TAMBÉM

Nelson Freire

SEQUÊNCIA DE CLASSE:

Sequência de Classe: A história de "Pipes of Peace"

# BODY